Portuguese

Lavrov apoia Brasil e Índia no Conselho de Segurança da ONU

Brasil 247 (Brasil)

Leonardo Sobreira, de Moscou (247)

Falando no Fórum Primakov, o chanceler russo avaliou que Brasil e Índia buscam a ‘multipolaridade refletida no Conselho’, enquanto Japão e Alemanha ‘não agregariam nenhum valor’

 O chanceler da Rússia, Sergey Lavrov, manifestou seu apoio ao ingresso do Brasil e da Índia no Conselho de Segurança da ONU, uma vez que os dois países trariam contribuições importantes ao órgão.

Falando nesta quarta-feira, 7, no Fórum Primakov, em Moscou, Lavrov avaliou que Brasil e Índia buscam a ‘multipolaridade refletida dentro do Conselho’. Já outros países que manifestaram interesse em fazer parte do órgão, em particular Alemanha e Japão, ‘não agregariam nenhum valor’, disse o ministro russo.

Segundo Lavrov, Brasil e Índia possuem uma série de atributos que os capacitam para tornarem-se polos independentes no novo mundo multipolar. ‘É necessário dispor de uma série de critérios. O mais óbvio é quando um país torna-se um líder em sua região, depois em nível global’, disse Lavrov.

‘Naturalmente, a Índia é um desses países. O mesmo vale para o Brasil’, precisou, apontando que os dois países vêm promovendo seus pedidos para ingressarem no Conselho de Segurança, ao lado de Alemanha e Japão.

O atual Conselho de Segurança da ONU é composto por cinco membros permanentes com direito de veto –Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia e China– e dez membros não-permanentes e alterados a cada dois anos. Brasil, Índia, Alemanha e Japão compõem o grupo ‘G4’ e pleiteiam assentos permanentes no órgão.

O presidente eleito do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, manifestou seu apoio em diversas ocasiões à inclusão do Brasil no Conselho de Segurança. O petista também já defendeu o fim do poder de veto no órgão.

Brasil 247

Related Articles

Leave a Reply

Back to top button